Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. OK Ler mais

Domingo, 25 Julho 2021, 12:32

  Login:     Password:       

   Divulgação e Notícias





Visita da Grater a empresas do concelho da Praia da Vitória

O empenho e dedicação dos empresários locais são essenciais à diversificação da produção local, contribuindo para reforçar a posição estratégica da Ilha Terceira, e consequentemente da Região Açores, nas vertentes económica e social. A ideia foi transmitida pelo Presidente da Associação de Desenvolvimento Local Grater, Osório Silva, numa visita a dois empresários do concelho da Praia da Vitória, apoiados por esta entidade, que decorreu na tarde de terça-feira, 15.


Segundo o representante do Concelho de Administração, “Os projetos inovadores que a Grater tem vindo a aprovar e a acompanhar merecem todo o respeito e admiração pelo trabalho desenvolvido em prol do crescimento das zonas rurais. Deste modo, o empenho do tecido empresarial na ilha Terceira é fundamental para o reforço do desenvolvimento económico e social do nosso território”, explicou.


“Esta associação assumiu um compromisso para com os produtores, que assenta na valorização e promoção das empresas que têm vindo a recorrer a fundos comunitários, através da Grater, nomeadamente pelo eixo 3 do PRORURAL”, referiu.


“Com estas visitas, pretendemos dar a conhecer os empresários que existem nas ilhas Terceira e Graciosa, no sentido de a comunidade valorizar e adquirir o que de melhor se faz nos Açores. Só assim é possível dinamizar a nossa economia e consolidar a nossa posição futuramente no panorama regional e nacional”, disse. 


 


O Conselho de Administração visitou o “Talho Simão”, uma infraestrutura de José Ribeiro, localizada na freguesia dos Biscoitos, e a propriedade de António Sousa, situada na freguesia de S. Brás. O primeiro investimento, suportado em 70%, consistiu na construção do talho, aquisição de equipamento para o funcionamento do mesmo e compra de material informático. O segundo, financiado também a 70 %, traduziu-se na aquisição de uma máquina com capacidade para tratar e embalar grandes quantidades de produtos hortícolas, nomeadamente cenouras.


 


“O Talho Simão aposta na promoção da carne Angus, que pela sua qualidade vem diversificar o setor agrícola. Sendo o proprietário produtor desta carne, este é um segmento de oferta diferente daquele que encontramos no nosso território de intervenção. Deste modo, pela sua excelente localização geográfica, é possível apoiar a zona norte da ilha Terceira, assim como corresponder às necessidades da comunidade local”, reforçou.


“Este negócio tem mantido também a taxa de empregabilidade prevista, na aquisição de dois trabalhadores, e acreditamos que no futuro seja possível alargar esse número, considerando as inúmeras potencialidades desta atividade”, acrescentou.


“Relativamente à máquina de embalamento de produtos hortícolas, gostaria de ressalvar a boa gestão dos fundos comunitários na potenciação e valorização da nossa produção. Com esta aquisição será possível colocar no mercado local, a partir do próximo ano, grandes quantidades de cenouras biológicas, contribuindo para o reforço da nossa economia”, constatou.


“No futuro, este empresário pretende reunir as condições para aumentar a sua produção e exportar para o Grupo Central. Neste sentido, será possível adquirir um produto diferenciado pelo seu embalamento, tornando-o pioneiro na Ilha Terceira e fazendo-o chegar às restantes ilhas”, disse.


 


“A valorização do que nós produzimos vai de encontro às principais metas da Grater e do Governo Regional dos Açores, no âmbito do desenvolvimento económico e social do nosso território”, concluiu.



  Outras Fotos

Dolfine.com (C) 2021