Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. OK Ler mais

Segunda-Feira, 15 Julho 2019, 18:21

  Login:     Password:       

   Divulgação e Notícias





Parlamento Rural Europeu

Entre 04 e 06 de novembro


 


Associação de Desenvolvimento Regional Grater participa no Parlamento Rural Europeu


 


A Grater, associação de desenvolvimento regional, estará presente no Parlamento Rural Europeu, que terá lugar, entre os dias 04 e 06 de novembro, na cidade austríaca de Schärding, contando com cerca de três centenas de participantes, oriundos de mais de 30 países europeus.


 


A concretização do evento visa a elaboração de estratégias de desenvolvimento local, através do debate das preocupações e expetativas da população rural europeia, reforçando a voz dessas comunidades e assegurando os seus interesses e bem-estar.


As associações de desenvolvimento local da Região serão representadas por Osório Silva, presidente da Grater e representante, nos Açores, da federação “Minha Terra”, que foi convidada a participar enquanto rede associada da ELARD (European Leader Association for Rural Development).


 


Segundo o representante açoriano, “durante a iniciativa, será realizado um relatório de nível europeu, o Manifesto Rural Europeu, tendo em conta toda a informação recolhida nos 30 países participantes. O documento, posteriormente divulgado, tem como objetivo alertar os organismos europeus para a importância da valorização das comunidades rurais, adequando as suas políticas às necessidades das mesmas.”


 


“Pretende-se dar a conhecer, aos decisores e associativismo europeus, a nossa realidade enquanto regiões insulares, demonstrando os diversos obstáculos com os quais nos deparamos, nomeadamente os elevados custos associados às questões de logística e transporte; o desmantelamento das quotas leiteiras; as dificuldades dos pequenos produtores regionais, que não conseguem competir com produções industriais de larga escala, entre outros”, explicou.


“É necessário procurar soluções, através da promoção do diálogo e da partilha de experiências entre as diversas associações dos diferentes países, contribuindo para o aumento da qualidade de vida da população inserida nos meios rurais”, concluiu.


O primeiro Parlamento Rural Europeu decorreu em novembro de 2013, na cidade de Bruxelas, resultante de uma iniciativa conjunta das redes ERCA (European Rural Community Association) e PREPARE (Partnership for Rural Europe), com organização do Movimento Nacional Rural Nórdico. A iniciativa contou com a participação de cerca de 150 pessoas de 30 países.



  Outras Fotos

Dolfine.com (C) 2019